24 outubro 2016

Enunciar!

No dicionário, enunciar quer dizer "expor, exprimir, declarar por escrito ou oralmente (pensamentos, ideia, etc.); indicar, dar sinais de; anunciar, manifestar". Para o filósofo Michel Foucault, um enunciado, explicado de maneira rápida, é uma função de existência, um enunciado simplesmente é. É algo contextualizado, influenciado por fatores externos a ele (e que o constituem).  


Partindo disso tudo, e sem aprofundar muito em questões filosóficas, o que nós vestimos eu entendo como um enunciado de nós mesmos. E daí a minha ênfase nas questões de identidades sempre que eu falo em moda por aqui. E não, não precisamos ter um só estilo, já que somos, diariamente, influenciados de diferentes formas e, querendo ou não, acabamos absorvendo coisas diferentes e expelindo em nossas roupas. 

Foi com esse pensamento e depois do meu TCC, que falei sobre a moda como comunicação de identidades, que surgiu a ideia do Enunciar. Ele é um novo projetinho do blog: postarei aqui fotos, feitas pelo Luiz Aranha, de looks de pessoas que consomem em brechó e/ou bazar. Não importa se é uma peça ou o look inteiro, pra mim, só de entrar em um lugar procurando algo que a pessoa se identifique, sem se preocupar com marca ou por ter sido influenciado por vitrines, já me interessa. 

A proposta é essa. O que virá? Descobriremos juntos. Só sei que, depois de ter perguntado no meu facebook pessoal quem são esses consumidores, uma coisa posso afirmar: são de vários estilos, mundos e tamanhos. 

Ah! E tô muito feliz por voltar ao blog com um projeto meu, que o Luiz Aranha só fez enriquecer e aumentar o amor e a vontade de mostrar a vocês o que eu acredito da moda: nós somos o que vestimos. 

Share:

2 comentários: