08 fevereiro 2016

Eu visto 34, e agora?


Não, vestir 34 não é assim como você tá pensando. Recentemente publiquei um post sobre insegurança e ultimamente venho pensando muito mais sobre isso. Outro dia, vi um post (até comentei no snap limavaleria) sobre uma marca que lançou uma roupa feita de um elástico que ia do tamanho 34 ao 40. Aí você pensa (espero eu): 40 é o máximo? que absurdo. Pois é, também acho. Mas a discussão na postagem que vi não era essa.

"34 pra mulher brasileira? que absurdo"; "só minha sobrinha de 9 anos veste 34/36"; "Qual a porcentagem da população brasileira que veste 34? eles fazem roupa pra uma minoria, só pode"; e seguiu por aí. 

Qual a discussão atual, gente? O fato de exigirmos roupas em tamanhos maiores não significa que roupas de tamanhos menores devam ser deixadas de lado só porque é uma minoria que usa. Isso é exclusão. 

"Escrava da beleza"; "escrava de dietas"; "seguidora de padrões". Não. É o meu tipo físico mesmo, obrigada por não perguntar. E mesmo quem segue padrões, que siga por amor próprio, e não pelo que a sociedade ou seja lá quem for exigir. 

Queremos expandir, não restringir. Você não é melhor que ninguém porque veste determinado número de roupa. Ou tem determinado tipo de cabelo. Ou se acha bonita naturalmente. Ou se acha bonita com interferências no corpo. Você deve ser linda primeiramente pra si. Se você assume ser gorda, assuma isso com a intenção de estimular o bem pra outras pessoas, e não de excluir quem é magra por seja lá qual for o motivo. Ou vice versa. 

Eu visto 34 e conheço outras pessoas que também vestem o mesmo número. Assim como conheço gente que veste 38.. 42..  46.. etc. Vemos cada vez mais as mulheres em busca da satisfação do próprio corpo independente de padrão e tamanho. E temos que nos apoiar. Tenhamos isso como tendência. 

Já deu de preconceito com magras, gordas, cabeludas, descabeladas. Vamos nos amar e lutar pra que existam todos os números possíveis e impossíveis de roupas, de sapatos e batons (rs).

34 sim. Assim como 36, 38, 40, 42, 44, 46, 48, 50...

Share:

0 comentários:

Postar um comentário