10 junho 2015

Sobre o aniversário do blog e use o que você quiser!

Eu sei que prometi na fanpage fazer um vídeo especial contando como o blog surgiu, qual o objetivo dele e tirar algumas dúvidas. De fato, eu fiz o vídeo, mas ficou pior que a Suzana Vieira cantando no Faustão e eu não tenho (ainda) 130 milhões de brasileiros que me amam e Camila Coutinho ainda é mais poderosa que eu. 

Então, vamos comemorar por texto mesmo? Prometo ser bem objetiva e não escrever minha biografia por aqui. 


A ideia no início era fazer um blog teen, voltado para meninas entre 13 e 17 anos, e, com a ajuda de mais duas amigas, os posts seriam feitos de segunda a sábado, cada dia com tema diferente. 

Acontece que, na segunda semana de blog, as meninas não puderam continuar e eu tive que seguir sozinha nessa jornada. Na época, o que eu sabia de moda era que saia longa era chamada de saia longa e estampa floral se chamava estampa floral. Ou seja, nada além do óbvio. 

Apesar de sempre ser a que sempre se vestiu de forma mais estranha das minhas amigas, desde a infância, não sabia muito sobre moda. Quando me vi sozinha com o blog, tive que me virar em seis pra conseguir abranger todos os temas previstos. Obviamente não consegui.

Por muito tempo, fiquei completamente perdida, sem saber sobre o que falar e acabava fazendo posts sobre os mesmos assuntos dos outros blogs. 

A verdade era: eu não fazia a menor ideia do que tava falando. Falava de marcas que não usava, de estilos que não eram os meus, de peças que eu nunca compraria por serem fora da minha realidade financeira. Me sentia desconfortável e morria de vergonha do meu blog. Estranho isso né? 

Até que fui ao brechó pela primeira vez e resolvi ver no que ia dar o post sobre compras que fiz por lá. E no que deu: o post mais visualizado do Tipo Assim até então, um verdadeiro alívio quando percebi que eu podia ser eu e falar das coisas que eu realmente usava, e passei a entender a minha visão da moda.

Criatividade, personalidade e vivência pessoal em looks. Entendi que a moda também é arte. 


E meu objetivo com ele é: deixar claro que não precisas comprar uma peça cara pra se sentir bem, não precisas usar o que todo mundo usa pra se sentir bem. Quem tu és, o que tu escutas, como tá o teu dia pode estar no teu look. E não me pergunte se tu podes usar com salto um look que eu usei com sapatilha. Não sou eu quem decide, não dito moda, não digo o que é certo ou errado pra ninguém, se a moda é pra ser ditada por alguém, que seja por você. Sua auto-estima é a única que diz se tá certo ou errado (e não deixe que mais ninguém diga isso). 

Respondendo algumas perguntas:

1- De onde surgiu o nome?
Como era pra ser um blog teen, queríamos algo que remetesse a este público. Pensamos em vários nomes ligados a moda, acessórios, etc, mas depois decidimos que queríamos uma gíria. Não lembro exatamente como surgiu o nome, mas foi nessa linha que escolhemos.

2- Já aconteceu algo que te fez desistir? 
O julgamento de algumas pessoas em relação a blogueiras de moda me deixavam mega desestimulada e muitas vezes achava que não fazia mais sentido continuar com o Tipo Assim, fiz até um post sobre o assunto. Mas analisei melhor e vi que pra acabar com esses julgamento, alguém tinha que fazer alguma coisa, e eu continuei fazendo a minha parte.

3- Qual foi o maior empecilho que o blog passou durante esses 3 anos pra continuar na ativa? 
O maior empecilho é organizar o tempo. Sempre tive minhas manhãs, tardes e noites ocupadas com outras atividades e trabalhos. Então, conseguir conciliar tudo é sempre muito difícil, principalmente porque, no teatro, as agendas de ensaios são instáveis, então sempre tenho que estar me reprogramando com as coisas. Mas sempre que vejo o resultado e o feedback dos leitores vejo que vale a pena todo o esforço pra fazer as matérias.

4- O que te fez querer ter um blog? 
Entrei na faculdade de jornalismo com um objetivo: criar uma revista. E o tenho até hoje. Mas precisava de algo pra exercitar, e como foi na época do boom dos blogs, decidi começar o exercício por aqui. E que exercício hein!


E aí, deu pra conhecer um pouco mais sobre o blog?


Share:

0 comentários:

Postar um comentário