18 julho 2012

E quando alguém nos desaponta?

Chorar? Espernear? Perdoar? Deixar como está? Não ligar? Fingir? O que fazer?

É complicado falar o que deve ou não deve ser feito nessas situações. Mas uma coisa é certa: independente do caso, isso magoa. E antes de mais nada, rever o que houve e ouvir, com calma, o que a outra pessoa tem a dizer, vai ajudar você a tomar decisões.
Mas como todas as vezes em que sofremos, precisamos de um tempo só nosso. Pra saber o que sentimos exatamente em relação a isso, e no final, fazer o que o coração manda e o que achamos que é melhor pra nós, acaba com o sofrimento.
São casos e casos e muitas das vezes, a amizade ou qualquer outro tipo de relação, não volta a ser a mesma, por mais que haja perdão. O importante é fazer o sentirmos que é certo, o que sentirmos que vamos ficar bem, afinal, quem entende o nosso sentimento além de nós mesmas? 
É difícil se relacionar com as pessoas mesmo, nem todo mundo faz por nós o que faríamos por eles. E confiança deve ser dada a quem merece.
Se uma pessoa desapontou você, deixe ela demonstrar que merece ter sua confiança de volta sem ser preciso você cobrar, mas deixe bem claro que ela mesma quem se prejudicou. 
E caso você não consiga perdoar, pense que as pessoas merecem outras chances. E vai ser difícil, por mais que você queira agir como se nada tivesse acontecido nem sempre é possível. Mas, na minha opinião, tudo é resolvido com diálogo, basta ter calma e paciência.
E, não quero deixar ninguém triste por aqui mas, isso não acontecerá uma só vez não. Então, aprenda a lidar com as pessoas e a ter paciência, porque, infelizmente, a vida é assim. 
Mas apesar disso tudo, a gente aprende com as dificuldades, aprende a sobreviver e conhecemos quem é que merece de verdade nossa confiança. :)

Então é isso meninas, o que acharam? Alguém desapontou vocês um dia? Contem-me!
Beijos, Valéria.
Share:

0 comentários:

Postar um comentário